+55 11 4655-3083 | 3754-1010
+55 11 94549-2156
contact@idealequipamentos.com.br
Rua São Judas Tadeu, 128 Jordanópolis - Arujá - SP

Fôrma para Pastilhas

Fôrma e Embalagem Final para pastilha

Forma ou Molde e Embalagem final para preparação de forma farmacêutica moderna e inovadora, a pastilha transmucosa bucal, viabilizando administração de ativos de baixa biodisponibilidade pela via oral.


Algumas Classes terapêuticas de ingredientes ativos que podem potencialmente serem veiculados nesta forma para pastilhas

Classe Terapêutica Exemplos de ingredientes ativos
Agente para tratamento da disfunção eréctil. Sildenafila Citrato.
Agente sialogogo Pilocarpina HCI.
Antialérgicos. Cetirizina HCI.
Antiemético. Metoclopramina HCI.
Antifúngicos. Miconazol, Clotrimazol, Nistatina.
Estimulante do apetite Ciproeptadina HCI.
Hormônios esteroidais. Progesterona, Estradiol, Testosterona, Oxandrolona.
Nutracêuticos. Trans-Resveratrol, Pinnus pinaster, Curcumina, Crisina, Quercetina, Coenzima Q10.

Fôrmas para Pastilhas nas cores Azul, Rosa e Branca.


 

Em Farmácias, elas são preparadas principalmente por moldagem, mas também podem ser preparadas por extrusão e, eventualmente, por compressão. As pastilhas macias não precisam ser preparadas com um único componente. Geralmente, são constituídas por misturas dos componentes citados anteriormente.
Neste e-book falaremos sobre um tipo muito particular de pastilhas, que são aquelas pastilhas que nós denominamos pastilhas "macias" ou "mastigáveis".

Baixe agora Gratuitamente, clique na imagem ao lado.


 

Material Técnico cedido pela FAGRON

RESVIN ™

Identificação

Descrição / especificação técnica:

Mistura complexa para formação de uma base anidra estável, de desintegração lenta para a preparação de pastilhas bucais para absorção de ingredientes ativos através da mucosa oral e sublingual.

Propriedades:

  • Base pronta para preparação de pastilhas bucais;
  • Aumenta a solubilidade aquosa ou as características de dissolução de compostos pouco solúveis;
  • Contribui para o aumento da biodisponibilidade de ativos veiculados;
  • Eficiente no mascaramento do sabor amargo promovido por certos ingredientes ativos (ex. transresveratrol, testosterona etc);
  • Favorece o aumento da adesão do paciente ao tratamento;
  • Apresenta estabilidade química e microbiológica;
  • Não sofre hidrólise ou deterioração com o tempo de armazenamento e não favorece o crescimento de fungos;
  • Apresenta menor higroscopia e maior estabilidade térmica em relação a outras bases preparadas com polietilenoglicois, sendo ideal para as condições ambientais em regiões tropicais.

Fórmula Molecular:não aplicável

DCB / DCI:não aplicável

INCI: não aplicável

Sinonímia:não aplicável

Peso molecular:não aplicável

CAS: não aplicável

Denominação botânica: não aplicável Sinonímia: não aplicável

Indicações:

Preparo de pastilha transmucosa oral para administração bucal ou via sublingual.

A pastilha transmucosa oral representa uma alternativa para administração de diversos agentes terapêuticos e nutricionais.

Algumas classes terapêuticas de ingredientes ativos que podem potencialmente serem veiculados nesta forma farmacêutica:

Classe Terapêutica Exemplos de ingredientes ativos
Agente para tratamento da disfunção eréctil. Sildenafila Citrato.
Agente sialogogo. Pilocarpina HCI.
Antialérgicos. Cetirizina HCI.
Antiemético. Metoclopramina HCI.
Antifúngicos. Miconazol, Clotrimazol, Nistatina.
Estimulante do apetite Ciproeptadina HCI.
Hormônios esteroidais. Progesterona, Estradiol, Testosterona, Oxandrolona.
Nutracêuticos Trans-Resveratrol, Pinnus pinaster, Curcumina, Crisina, Quercetina,
Coenzima Q10.

Posologia / concentração:qsp 100 %

Via de administração: transmucosa bucal ou sublingual

Solução magistral:

Possibilidade de preparação de forma farmacêutica moderna e inovadora, a pastilha transmucosa bucal, viabilizando administração de ativos de baixa biodisponibilidade pela via oral e possibilitando adequado mascaramento de sabor amargo de vários ingredientes ativos.

Formulações  Propriedades
Pastilhas bucal com Coenzima Q10

Coenzima Q10 ............................. 50mg

Flavorizante ..................................... 1%

Corante ............................................ qs

RESVIN™ qsp.... 1 pastilha bucal (∼1g/pastilha)

Posologia: a critério médico. Permita que a pastilha se dissolva na boca próxima a região da bochecha

  • Suplemento nutricional antioxidante.
  • Coenzima Q10 é fundamental para produção de energia celular.
  • Importante na regeneração da vitamina E.
  • Tem benefícios terapêuticos na insuficiência cardíaca e doença cardíaca isquêmica.
  • A pastilha bucal representa um forma farmacêutica alternativa para superar a baixa biodisponibilidade via oral da Coenzima Q10.
Pastilha bucal com Trans-resveratrol

Trans-resveratrol .......................... 25-50mg

Flavorizante framboesa........................... 1%

Corante vermelho (alimentício) ............. qs

RESVIN™ qsp ... 1 pastilha bucal (∼1g/pastilha)

Posologia: a critério medico. Permita que a pastilha se dissolva na boca próxima a região da bochecha.

  • Suplemento nutricional antioxidante, quimioprotetor, anti-inflamatório, imunomodulador.
  • Potencial no envelhecimento, doença cardiovascular, profilaxia do câncer, insuficiência vascular cerebral, condições inflamatórias, síndrome metabólica, diabetes tipo2, esteatose hepática nao alcoolica e induzida por alcool.
  • A via transmucosa oral representa uma via de administração muito promissora para superar a baixa biodisponibilidade oral do resveratrol.
  • RESVIN™ mascara o sabor amargo do resveratrol.
Pastilhas bucais com Curcuma

Curcuma ................................. 50-100mg

Flavorizante ........................................ 1%

RESVIN™ qsp . 1 pastilha bucal (~1g/pastilha)

Posologia: a critério medico. Permita que a pastilha se dissolva na boca próxima a região da bochecha. (Latheeshjlal, 2011; Gowthamarajan, 2012)

  • Suplemento nutricional fitoterápico empregado no combate aos processos inflamatórios relacionados ao envelhecimento celular
Pastilhas sublinguais com Sildenafil

Sildenafil (citrato).......................... 25mg

Flavorizante (pó) ................................ 1%

Corante ............................................... qs

RESVIN™ qsp .. 1 pastilha sublingual (∼1g/un)

Posologia: a critério medico. Deixar dissolver debaixo da língua. (ALLEN, 1999)

  • Tratamento da disfunção sexual erétil
Pastilhas bucais com Testosterona

Testosterona .................................. 1mg

Flavorizante ..................................... 1%

Corante ............................................. qs
RESVIN™ qsp..... 1 pastilha bucal (∼1g/pastilha)

Posologia: a critério médico. Permita que a pastilha se dissolva na boca próxima a região da bochecha. (ALLEN, 2005)

  • Terapia de reposição de testosterona.

Composição:

Mistura complexa de polioxietileno glicois de diferentes pesos moleculares com edulcorantes, flavorizantes de fundo, acidulante, mascaradores do sabor amargo, agentes suspensores e mucoadesivos e agentes promotores de permeação na mucosa bucal estruturados em uma mistura polimérica ideal para o preparo de pastilha oral.

Referências científicas

Estudos clínicos / Estudos pré-clínicos:

  • A forma de pastilha bucal de Resvin™ aumenta a biodisponibilidade de polifenóis como por exemplo, trans-resveratrol, que tem sua biodisponibilidade oral prejudicada pelo extenso metabolismo intestinal e hepático, sofrendo sulfatação e conjugação com ácido glicurônico resultando em baixos níveis plasmáticos. Após administração de uma dose oral de 25 mg de resveratrol, são detectados no sangue níveis inferiores a 5 ng/ml de resveratrol livre(1) . Um estudo demonstrou que 1 mg de resveratrol mantido na mucosa bucal por 1 minuto (via bucal) antes de ser deglutido, resulta em pico plasmático de 37 ng/ml após 2 minutos. Para obter o mesmo nível plasmático por via oral é necessária uma dose de 250 mg(2) .
  • As pastilhas dissolvem-se lentamente na boca e os ingredientes ativos dissolvidos podem ser potencialmente absorvidos através da mucosa oral, onde vasos sanguíneos podem carreá-los para o resto do organismo. De fato, o ingrediente ativo liberado na boca pela pastilha pode ser absorvido tanto pela mucosa bucal e sublingual como também pode ser parcialmente deglutido com a saliva e direcionado ao trato gastrintestinal. Na realidade, cerca de 50 a 70% da dose veiculada pode ser deglutida com a saliva e o restante através será absorvido através da mucosa bucal (30-50%)(5)

Farmacologia

Estabilidade:

De modo geral, a pastilha preparada com Resvin™ é considerada anidra e desta forma resulta em uma forma farmacêutica estável, desde que protegida da umidade e do calor.

Mecanismo de ação: não aplicável

Efeitos adversos: não aplicável

Contraindicações / precauções: não aplicável

Farmacotécnica

Equivalência: não aplicável

Concentração / Diluição (fabricante): não aplicável

Solubilidade: Dispersível em água.

Excipiente sugerido: não aplicável.

pH estabilidade (produto final): não aplicável

Orientações farmacotécnicas:
Resvin™ é preparado na farmácia por moldagem na Fôrma para Pastilha da Ideal Equipamentos.
Com este produto inovador você não precisa ter mais uma forma ou molde e ainda mais uma embalagem final. Com essa única Fôrma para Pastilhas você molda e dispensa como embalagem final para seu cliente.

Conforme exemplo a seguir:

molde-embalagem-para-pastilhas

Forma e embalagem para pastilhas.

Procedimento de preparo (moldagem com aquecimento)

Requisitos prévios:

  • Determinar o peso médio das pastilhas bucais preparadas somente com Resvin™, conforme o procedimento de preparo de pastilhas inertes.
  • Determinação da quantidade de base a ser utilizada
  • Determinar as quantidades de ativos
  • Determinar a quantidade de flavorizante

Procedimento de preparo de Pastilhas bucais contendo ingrediente ativo:

Fórmula base para Pastilha transmucosa oral com Resvin™

Ingrediente(s) ativo(s) ................................................ Xmg

Flavorizante (grau alimentício) ................................... 0,5-1%

Corante hidrossolúvel (grau alimentício) ................... qs

Resvin™ qsp ................................................................ 1 pastilha.

1.Separar todos os ingredientes necessários para o preparo da formulação.

2.Preparar uma quantidade excedente ao solicitado pela prescrição para compensar eventuais perdas. Considerar para fins de cálculo e pesagem uma quantidade excedente de ingrediente ativo e base inerte suficiente para o preparo adicional de cerca de 10% da quantidade de unidades de pastilhas solicitada.

3. Pesar separadamente a quantidade necessária de Resvin™, conforme calculo anteriormente realizado. Pesar/medir com precisão os demais ingredientes a serem aditivados.

molde-embalagem-para-pastilhas2

4.Triturar, tamisar (em tamis malha 40 mesh) e misturar geometricamente os ingredientes sólidos (somente os ingredientes que serão aditivados) em um gral com pistilo.

molde-embalagem-para-pastilhas3

5. Verter Resvin™, previamente pesada, em um bequer e aquecer aproximadamente a 70oC em uma placa de aquecimento, sob leve agitação. Adicionar quantidade suficiente da solução de corante desejado (usar preferencialmente uma solução alcoolica do corante).

molde-embalagem-para-pastilhas4

6. Deixar resfriar, sob agitação suave, ate atingir a temperatura de 55oC.

7. Polvilhar os ingredientes pulverizados do passo 4 aos poucos sobre o passo 6, desagregando-os com auxilio de um pequeno tamis e sob agitação moderada até dispersão uniforme. Evitar a incorporação de ar durante a agitação.

molde-embalagem-para-pastilhas5

8.Verter rapidamente a mistura fundida para o molde, permitindo um excesso para que transborde um pouco das cavidades. A quantidade excedente e necessária para compensar perda decorrente da retração que ocorre com o resfriamento.

molde-embalagem-para-pastilhas6

9.Após completo resfriamento e solidificação das pastilhas, nivele retirando o excesso com uma espátula previamente aquecida na placa de aquecimento.

molde-embalagem-para-pastilhas7

10. Desenformar as pastilhas caso as tenha preparado em moldes reutilizáveis. Não desenformar no caso de utilização de molde dispensável, pois a desenformagem será realizada pelo próprio paciente.

molde-embalagem-para-pastilhas8

Incompatibilidades:

Pode reduzir a atividade antibacteriana da penicilina e bacitracina.

É incompatível com sorbitol, fenol e alguns corantes.

Pode interagir com sulfonamidas, promovendo alteração de cor.

Conservação / armazenamento:

As pastilhas bucais transmucosa preparadas com Resvin™ podem ser armazenadas em temperatura ambiente ou sob refrigeração, dependendo da natureza do ingrediente ativo incorporado.

Devem ser mantidas protegidas da umidade e do calor.

A embalagem deve ser bem vedada, uma vez que a base é ligeiramente higroscópica.

As pastilhas podem ser embaladas em blister, molde dispensável, individualmente em envelopes laminados ou frascos de boca larga de vidro ambar.

Referências Bibliográficas

(1)WALLE T., et al. High Absorption But Very Low Bioavailability of Oral Resveratrol in Humans. Drug Metabolism and Disposition 32:1377–1382, 2004.

(2) ASENSI M. et al. Inhibition of cancer growth by resveratrol is related to its low bioavailability. Free Radical Biology & Medicine, Vol. 33, No. 3, pp. 387–398, 2002.

(3)PURATCHIKODY, A. et al. Buccal Drug Delivery: Past, Present and Future – A Review. International Journal of Drug Delivery 3 (2011) 171-174.

(4) BOBADE, N.N. et al. A Review on Buccal Drug Delivery System. International Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Scien Research 2013; 3(1): 35-40.

(5)Int J Pharm Comp., 4,414-420,2000.

(6) WREN B.G., DAY R.O., McLACHIAN A.J., WILLIAMS K.M. Pharmacokinetics of estradiol, progesterone, testosterone and dehydroepiandrosterone after transbuccal administration to postmenopausal women. Climacteric. 2003 Jun;6(2):104-11.

(7). LATHEESHJLAL L. et al. Formulation and Development of Buccal Drug Delivery System containing Curcumin. International Journal of PharmTech Research, Vol. 3, No.1, pp 37-41, 2011.

(8) The United States Pharmacopeial Convention. USP Pharmacists’ Pharmacopeia. 2nd ed. Rockville: The United States Pharmacopeial Convention, 2008. p.1108-111.

(9) ALLEN L.V.Jr. Sildenafil Citrate 25-mg Sublingual Troches. International Journal of Pharmaceutical Compounding. 3(2); 1999:135.

(10)39. ALLEN L.V.Jr. Bioidentical Testosterone Replacement Therapy. US Pharmacist. 30(8); 2005:64-65.

(11).WALLE T. et al. Disposition and metabolism of the flavonoid chrysin in normal volunteers. Science Ltd Br J Clin Pharmacol, 51 (2001), 143-146.

× Fale conosco!